sexta-feira, 12 de junho de 2015

Sete alimentos que aumentam a imunidade das grávidas


Cuidar da saúde é uma necessidade em qualquer momento da vida, mas na gestação essa preocupação precisa ser intensificada. Afinal não se trata de uma pessoa somente, mas duas, por isso é importante fazer boas escolhas. 
Uma das principais questões nessa fase é em relação à imunidade. Isso porque são poucos os remédios que a mulher pode tomar caso fique doente. Vale a máxima: melhor prevenir do que remediar!
A preocupação com a imunidade não é a toa. A própria gestação já causa diminuição de imunidade por fatores hormonais. Além disso, é importante ter boas defesas, pois os anticorpos da mãe protegerão o feto nos primeiros 6 meses de vida.
A imunidade é influenciada pela qualidade de vida, alimentação, alterações emocionais, horas de sono e genética.
 Alimentos que elevam a imunidade:
Alimentos ricos em vitamina C: acerola, limão, laranja e kiwi, aumentam a produção das células de defesas do organismo, que tem efeito direto sobre bactérias e vírus, ajudando na prevenção de infecções, gripes e resfriados.
Cebola: possui uma substância chamada quercetina, substância que aumenta a imunidade da gestante, prevenindo-a de doenças virais e alérgicas.
Batata Yacon: ajuda na manutenção da imunidade da gestante, além de prevenir diabetes do tipo II e favorecer o bom funcionamento do intestino.
Cogumelo Shitake: possui uma substância chamada lentinana, que estimula a produção das células de defesa do organismo (macrófogos e linfócitos), aumentando a imunidade da gestante.
Vegetais verde-escuros: agrião, almeirão, couve, espinafre, folha de brócolis, que possuem ácido fólico; vitamina A, B6 e B12, que contribui na manutenção das células imunológicas da gestante.
Iogurte natural: ajuda na recomposição das bactérias benéficas da flora intestinal chamadas de probióticos e mantém o intestino saudável e capaz de absorver os principais micronutrientes, como as vitaminas e minerais, que fortalecem o sistema imunológico.
Castanha do Pará: tem grande capacidade antioxidante por conter o selênio, ou seja, é capaz de neutralizar os radicais livres do organismo; aumenta a imunidade e deixa a gripe bem longe.
Vacina:
Além dos alimentos, a imunidade da gestante também pode ser obtida pelas vacinas. Segundo os infectologistas, é importante que a mulher tome as vacinas contra Tétano, Hepatite B e Influenza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário