terça-feira, 31 de março de 2015

Dia da Saúde e Nutrição é comemorado em 31 de março


O Dia da Saúde e da Nutrição, 31 de março, é uma data comemorativa criada no Brasil para conscientizar a população para a importância da saúde e boa alimentação. Celebrar esta data é lembrar que uma alimentação adequada é fundamental para promover saúde.
A data, que faz parte do calendário do Ministério da Saúde, destaca a importância de conscientizar as pessoas para que repensem seu estilo de vida e adotem hábitos saudáveis visando prevenção de doenças e a busca de qualidade de vida.

Os nutricionistas recomendam o consumo de menos alimentos processados e mais alimentos naturais e frescos. Ações como estas, aliadas a atividade física regular, são benéficas para a saúde.

Uma referência para a saúde é a nova edição do Guia Alimentar para a População Brasileira. Esta publicação se constitui como instrumento para apoiar e incentivar práticas alimentares saudáveis no âmbito individual e coletivo, bem como para subsidiar políticas, programas e ações que visem a incentivar, apoiar, proteger e promover a saúde e a segurança alimentar e nutricional da população.

Conheça os dez passos para uma Alimentação Adequada e Saudável:
1) Fazer de alimentos in natura ou minimamente processados a base da alimentação
2) Utilizar óleos, gorduras, sal e açúcar em pequenas quantidades ao temperar e cozinhar alimentos e criar preparações culinárias
3) Limitar o consumo de alimentos processados
4) Evitar o consumo de alimentos ultraprocessados
5) Comer com regularidade e atenção, em ambientes apropriados e, sempre que possível, com companhia 
6) Fazer compras em locais que ofertem variedades de alimentos in natura ou minimamente processados
7) Desenvolver, exercitar e partilhar habilidades culinárias
8) Planejar o uso do tempo para dar à alimentação o espaço que ela merece
9) Dar preferência, quando fora de casa, a locais que servem refeições feitas na hora
10) Ser crítico quanto a informações, orientações e mensagens sobre alimentação veiculadas em propagandas comerciais

Diferentes tipos de alimentos:
Alimentos in natura: essencialmente partes de plantas ou de animais. Ex: carnes, verduras, legumes e frutas.
Alimentos minimamente processados: quando submetidos a processos que não envolvam agregação de substâncias ao alimento original, como limpeza, moagem e pasteurização. Ex: arroz, feijão, lentilhas, cogumelos, frutas secas e sucos de frutas sem adição de açúcar ou outras substâncias; castanhas e nozes sem sal ou açúcar; farinhas de mandioca, de milho de tapioca ou de trigo e massas frescas.
Alimentos processados: são fabricados pela indústria com a adição de sal ou açúcar a alimentos para torná-los duráveis e mais palatáveis e atraentes. Ex: conservas em salmoura (cenoura, pepino, ervilhas, palmito); compotas de frutas; carnes salgadas e defumadas; sardinha e atum de latinha, queijos e pães.
Alimentos ultraprocessados: são formulações industriais, em geral, com pouco ou nenhum alimento inteiro. Contém aditivos. Ex: salsichas, biscoitos, geleias, sorvetes, chocolates, molhos, misturas para bolo, “barras energéticas”, sopas, macarrão e temperos “instantâneos”, “chips”, refrigerantes, produtos congelados e prontos para aquecimento como massas, pizzas, hambúrgueres e nuggets.


Fonte: CRN2. Disponível em: http://www.crn2.org.br/index.php?pagina=noticia&&id=1771

Nenhum comentário:

Postar um comentário