terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Atividade física e benefícios do consumo de ovos


Uma das melhores fontes proteícas de origem animal disponíveis em nossa alimentação são os ovos!

Um ovo inteiro possui cerca de 6g de proteínas de alto valor biológico. Na clara do ovo esta cerca de 60% do peso do ovo, onde encontramos água e albumina, proteína essencial para o crescimento muscular, sendo duas vezes menos calórica que a gema. Antes a ingestão diária de ovos tiveram uma reputação ruim, em função da gema do ovo ser rica em colesterol. Mas o problema só existe para aquelas pessoas que possuem problemas em relação a isso. A gema também contém vitaminas do complexo B e outros minerais.

A maior parte das gorduras do ovo são insaturadas. Os esportistas preferem a clara em função de ter o teor menor em gorduras, para garantir um equilibrio calórico e adequado balanceamento de proteínas e gorduras.

No mercado hoje em dia, existe os ovos líquidos pasteurizados, sendo possível encontrar gemas, claras e ovos inteiros dessa forma. Para quem consome os ovos em função da atividade física o melhor é esta opção, pois o consumo de ovos crus existe o risco de haver contaminação por Salmonela.

Dieta balanceada

Não é saudável, tem poucos benefícios, mas que ovo frito é uma delícia, é!
Infelizmente, por causa da fritura, o ovo tem uma fonte extra de gordura saturada - aquela que aumenta o mau colesterol (LDL) por causa do óleo que você adiciona para fritá-lo. Além disso, você perde os antioxidantes e algumas vitaminas que são mais sensíveis ao calor, como a vitamina E. 
Prefira-o cozido - dá para colocar na salada e comer frio - mexido, omeletes ou poché. O colesterol contido no ovo é importante para sintetizar hormônios como a testosterona, que é um anabolizante natural do organismo, e a vitamina D que mantém as células saudáveis.

Pós-treino 

Apesar de tantas qualidades, a principal delas é garantir a reposição da proteína e carboidrato após a atividade física. Aproveite os benefícios – e o fato de ser um alimento leve para comer à noite – e coma o ovo (cozido, poché ou mexido) depois de treinar.




Nenhum comentário:

Postar um comentário