sábado, 1 de novembro de 2014

5 pontos-chaves para uma Alimentação Segura



Ponto 4: Mantenha os alimentos em temperatura segura


- Não deixe alimentos cozidos por mais de meia hora à temperatura ambiente. 


- Refrigere rapidamente os alimentos cozidos e os perecíveis, preferencialmente abaixo de 5° C. 

- Mantenha os alimentos cozidos quentes (acima de 65° C) até o momento de serem servidos. 

- Não armazene alimentos durante muito tempo, mesmo estando em refrigeração.

- Não descongele alimentos à temperatura ambiente. O descongelamento deve ser efetuado em condições de refrigeração à temperatura inferior a 5ºC ou em forno de microondas quando o alimento for submetido imediatamente ao cozimento.



Por quê? 

Os micróbios podem multiplicar-se muito depressa se os alimentos estiverem à temperatura ambiente. Mantendo à temperatura abaixo dos 5 ºC e acima dos 65 ºC, sua multiplicação é retardada ou mesmo evitada. Alguns micróbios que podem causar DTA multiplicam-se mesmo abaixo dos 5 ºC.


Ponto 5: Use água tratada e ingredientes seguros

Verifique se o supermercado ou estabelecimento comercial apresenta adequadas condições de conservação dos alimentos oferecidos. Para escolher esses estabelecimentos, não utilize apenas critérios como a proximidade do domicílio e o preço dos produtos; verifique também a limpeza e organização do ambiente.

Monitoramento realizado pelo Inmetro no ano de 2005 indicou que, dos 31 supermercados analisados, 27 foram considerados NÃO CONFORMES, pois apresentavam a temperatura de conservação dos alimentos congelados, acima do valor máximo determinado pela legislação. Embora o setor supermercadista esteja investindo bastante para a reversão desse cenário e a vigilância sanitária atue regularmente nesse segmento – tanto educativa como punitivamente, o papel do consumidor é essencial. Quando for comprar um alimento, verifique se o refrigerador ou congelador do estabelecimento tem um termômetro para controle da temperatura. Os alimentos congelados e refrigerados devem estar armazenados sob temperatura recomendada
pelo fabricante.


Siga a ordem correta de compra dos alimentos: primeiro, os produtos não-comestíveis, como utensílios e materiais de limpeza; segundo, os alimentos não-perecíveis e depois os perecíveis
(carnes e outros produtos conservados sob refrigeração). Organize-se para que o tempo entre
a compra dos alimentos perecíveis e seu armazenamento no domicílio não ultrapasse duas horas.


A água utilizada para a preparação de alimentos deve ser tratada ou de abastecimento público. Nesse último caso, deve-se estar atento às condições de limpeza da caixa d’água.


Nenhum comentário:

Postar um comentário