segunda-feira, 25 de agosto de 2014

5 razões para se exercitar que estão além da balança


1) Que motivos levam as pessoas a se exercitarem?
Vontade de entrar naquela calça, ter a barriga chapada, levam muitas pessoas a começar a se exercitar, no entanto a falta de planejamento e a expectativa de cumprir metas impossíveis podem acabar com os planos rapidinho. Felizmente, há formas de evitar que a mudança vá por terra, saber outros benefícios dos exercícios podem ajudar e muito com isso.

Os potenciais prejuízos do sedentarismo e os efeitos benéficos da prática de atividade física são bons motivos para começar a se exercitar. Mas é comum que pessoas desacostumadas à prática de exercícios se sintam desmotivadas pouco depois de iniciar alguma atividade — e voltem para o sofá.
Quilos extras, a vontade de entrar na calça jeans, ou vestir a camisa sem o desconforto da barriga, são as mudanças mais esperadas, mas levam tempo. Para ajudar a reduzir os riscos da desistência outras razões que não são tão fáceis de mensurar, porém pode nos ajudar e muito a continuar na linha.
Um olhar mais apurado e específico, vai notar áreas tão importantes como as mudanças na pressão arterial, glicemia, colesterol, diabetes e saúde do coração. 

2) O que leva as pessoas a desistirem de perder peso?
Por natureza, somos muito visuais e imediatistas, uma fraqueza que compromete a continuidade do processo de emagrecimento. Você quer a mudança na balança, como também diminuir o manequim? O segredo para toda conquista, está na disciplina, algo diretamente ligado a motivação e que poderá ser alimentado por saber que outros ganhos estão acontecendo. 

3) Quais são os outros benefícios para nosso organismo?
- Você vai dormir melhor.
Pessoas que praticam exercício regularmente e que possuem um bom condicionamento físico, afirmam que são capazes de adormecer mais rapidamente, dormir melhor e se sentirem menos fatigadas durante o dia, quando comparadas com pessoas sedentárias. Um estudo comparativo, identificou que corredores bem condicionados permanecem 18% de tempo a mais nas ondas lentas, durante o sono. Pesquisadores acreditam que o sono de ondas lentas ajude a restaurar e revitalizar o organismo da pessoa para o dia seguinte.

- Seu cérebro agradece
Estudos demonstram, de maneira consistente, que o exercício físico regular melhora o aprendizado e a memória, tanto imediata como remota. É grande o número de estudos que avaliaram o efeito dos exercícios no aprendizado. Embora haja necessidade de mais pesquisas, o exercício tem efeito positivo no desempenho cognitivo, principalmente relacionado com a memória. É comum ouvirmos pessoas relatarem que sentem sua mente mais alerta após uma sessão de exercício.

- Uma pele mais saudável
O excesso de peso, parece estar associada com uma grande variedade de alterações no organismos. Mais estudos são necessários para entender como a obesidade desempenha um papel em manchas e infecções da pele, o que se sabe é que a dificuldade circulatória apresentada pelo sobrepeso, é um fator agravante e que afeta a pele também. O exercício, aumenta a atividade circulatória, auxiliando para a nutrição celular e remoção de elementos agressores das células. Como também, o emagrecimento facilita o trabalho do coração melhorando todo o processo circulatório, refletindo também na estética corporal.

- O seu trabalho agradece
Trabalhar é uma atividade física, ou seja, depende de toda a sua performance física para realizar tal atividade. Erroneamente, muitas vezes apenas associamos o exercício com a questão estética e nos esquecemos, que os benefícios de levantar peso estão muito além do que apenas o esperado no espelho. Se o condicionamento físico melhora na aula de musculação e na corrida da esteira, este condicionamento também será melhorado para todas as demais atividades, inclusive a de trabalhar. Mais forte e mais resistente, significa que terá mais poder e mais disposição para enfrentar os desafios do seu trabalho.

- Sua saúde sexual vai viver em alta
Em 2011, uma pesquisa australiana concluiu que entre os homens obesos com diabetes, perder de 5 a 10 por cento do seu peso corporal levou a melhorias na função erétil e libido. Aqui está uma atividade física que também será beneficiada pela melhora do condicionamento físico. Você pode não estar preocupado com as mudanças estéticas, mas se sentirá muito bem com uma maior disposição sexual. O efeitos circulatórios, acompanhados de emagrecimento, noites de sono mais recuperadoras e sentindo menor o impacto do desgaste do trabalho, será muito positivo para a sua saúde sexual.


Fonte: Autor: Profa. Dra. Avany Bom - Nutricionista, com especialização e mestrado em Nutrição em Saúde Publica, é docente desde 1999 e coordenadora do curso de Nutrição da Anhembi Morumbi. Disponível em: http://www.nutricaoempauta.com.br/lista_artigo.php?cod=2493

Nenhum comentário:

Postar um comentário