quarta-feira, 18 de junho de 2014

Lavar frango aumenta risco de contaminação por bactérias




A  agência de segurança alimentar britânica, Foods Standards Agency (FSA), revelou após pesquisa que lavar o frango antes do cozimento pode aumentar o risco de contaminação do alimento.

Segundo o estudo feito pela agência, a lavagem espalha as bactérias Campylobacter nas mãos, roupas, utensílios de cozinha ocasionada pelos espirros d'água.

Os sintomas da intoxicação pela bactéria são dor de estômago, cólicas, diarreia e febre. A doença, que pode ser tratada por longos dias, é considerada grave. O maior risco de morte é com crianças menores de cinco anos e idosos

Uma pesquisa realizada na Grã-Bretanha pela agência revelou que 44% dos entrevistados lavam o frango antes de cozinhá-lo. Segundo a presidente-executiva da FSA, Catherine Brown, a pesquisa serviu também para explicar que a lavagem do frango cru é "prática comum".

Fonte: Portal do Consumidor. Disponível em: http://www.portaldoconsumidor.gov.br/index.asp

Nenhum comentário:

Postar um comentário