quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Cantinas escolares

 


Durante a fase escolar, as necessidades nutricionais das crianças devem ser supridas de forma adequada, devido ao crescimento e desenvolvimento em que se encontram, além de atender o elevado gasto energético e nutricional devido á intensa atividade física. Nesta fase, a criança passa grande parte do dia na escola, sendo que a oferta de alimentos deve ocorrer de forma adequada neste ambiente. Neste contexto, estudo recente foi desenvolvido com o objetivo de avaliar o efeito de ações de educação alimentar e nutricional no consumo de alimentos no ambiente escolar, em escolares de 8 a 14 anos de duas escolas públicas de Cuiabá, Mato Grosso. O grupo intervenção foi submetido às ações de educação alimentar e nutricional e o grupo controle não recebeu ação educativa. De acordo com os resultados, as ações de educação alimentar e nutricional parecem influenciar nas escolhas alimentares saudáveis, especialmente quando realizadas de forma continuada e rotineira nessa etapa da vida em que ocorre a formação dos hábitos alimentares. Outro estudo foi desenvolvido com o objetivo de desenvolver e aplicar uma metodologia para avaliar a implantação da cantina escolar saudável em escolas do Distrito Federal, através de estudo descritivo e avaliativo sobre uma intervenção educativa realizado em 2006, por meio de um curso de capacitação para proprietários de cantinas, em que foram avaliados a implantação dos Dez Passos da Cantina Escolar Saudável e o perfil de funcionamento da cantina em três momentos (antes do curso, seis meses e dois anos depois). Para avaliação das preparações, criou-se um sistema de classificação em mais ou menos saudáveis. De acordo com os resultados, o curso de capacitação apresentou resultados positivos, principalmente a curto prazo, entretanto o processo de acompanhamento durante um ano para esse público não foi o suficiente para garantir a sustentabilidade das ações. Os dados dos estudos evidenciam intervenções em cantinas escolares e possíveis melhoras na qualidade da alimentação de escolares, as quais devem ser incentivadas e acompanhadas por profissionais da área e órgãos relacionados, sendo ainda necessárias a fiscalização e orientação nutricional constante para garantir melhores resultados e benefícios aos escolares. 

Fontes: Prado, Barbara Grassi; Guimarães, Lenir Vaz; Lopes, Maria Aparecida de Lima; et al. Efeito de ações educativas no consumo de alimentos no ambiente escolar. Bergamaschi, Denise Pimentel. Nutrire Rev. Soc. Bras. Aliment. Nutr; 37(3)dez. 2012. Amorim, Nina Flávia de Almeida; Schmit, Bethsáida de Abreu Soares; Rodrigues, Maria de Lourdes Carlos Ferreirinha; et al. Implantação da cantina escolar saudável em escolas do Distrito Federal, Brasil. Rev. nutr; 25(2): 203-217, mar.-abr. 2012. Saúde Pública - 11/fev/2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário