quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Farinhas e farelos

 


Algumas farinhas e farelos, os quais muitas vezes podem até ser desprezados para consumo humano, têm sido objeto de pesquisa para o desenvolvimento de produtos alimentares nutritivos. Em pesquisa recente, objetivou-se avaliar as características químicas, cor, volume específico e aceitabilidade, de biscoitos elaborados com diferentes níveis de farelo de mandioca desidratado. De acordo com os resultados, os biscoitos apresentaram boa aceitabilidade para aparência, sabor e textura. Sendo então considerado que biscoitos de polvilho elaborados com farelo de mandioca desidratado constituem um produto com bom potencial nutricional e de boa aceitabilidade. Outra pesquisa, objetivou avaliar o efeito das condições de extrusão sobre as propriedades físicas de produtos extrusados. De acordo com os resultados verificou-se que é possível produzir novos produtos extrusados com boas propriedades físicas a partir de misturas de farinha de soja, fécula e farelo de mandioca. Os dados dos estudos evidenciam dois tipos de produtos nutritivos para consumo, sendo a área de desenvolvimento de alimentos de grande importância para a elaboração de novas opções de produtos alimentares no mercado.


Fontes: Rodrigues, Janaína Pereira de Macedo; Caliari, Márcio; Asquieri, Eduardo Ramirez. Caracterização e análise sensorial de biscoitos de polvilho elaborados com diferentes níveis de farelo de mandioca. Ciênc. rural; 41(12): 2196-2202, dez. 2011. Trombini, Fernanda Rossi Moretti; Leonel, Magali; Mischan, Martha Maria. Desenvolvimento de snacks extrusados a partir de misturas de farinha de soja, fécula e farelo de mandioca. Ciênc. rural; 43(1): 178-184, jan. 2013. Foodservice - 16/01/2014
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário