sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Doença Celíaca e consumo de alimentos



A Doença Celíaca é a intolerância permanente ao glúten. Geralmente se manifesta na infância, entre o primeiro e terceiro ano de vida, podendo entretanto, surgir em qualquer idade, inclusive na adulta. O tratamento da doença consiste em uma dieta totalmente isenta de glúten. De acordo com estudo recente, as restrições alimentares dos celíacos acaba por limitar sua ingestão de forma geral, podendo não atingir as quantidades necessárias de alguns nutrientes, como fibras. Deste modo o objetivo do estudo foi desenvolver um pão feito de farinha de arroz rico em fibras (sem glúten) e avaliar seu grau de satisfação. De acordo com os resultados, foi possível desenvolver um pão sem glúten rico em fibra dietética e com características organolépticas aceitáveis, destinados a aumentar a quantidade de fibras em indivíduos com doença celíaca. Outra pesquisa foi desenvolvida com o objetivo de investigar a disponibilidade e custo dos alimentos sem glúten através de uma grande variedade de lojas, uma vez que os produtos alimentares para os celíacos apresentam preço elevado de forma geral. De acordo com os resultados, observou-se pouca disponibilidade de alimentos sem glúten e eles são geralmente mais caros do que suas contrapartes convencionais. Este fato pode ter um impacto sobre o cumprimento de uma dieta isenta de glúten, com potenciais consequências nutricionais e clínica, juntamente com aumento do risco de complicações. Os dados dos estudos evidenciam a importância do desenvolvimento de produtos para fins especiais, assim como os celíacos, uma vez que o tratamento está baseado em restrições alimentares, as quais devem ser controladas através do consumo de alimentos permitidos, devendo estes serem nutritivos e de fácil acesso a estes consumidores. 



Fontes: Singh J; Whelan K. Limited availability and higher cost of gluten-free foods. J Hum Nutr Diet; 24(5): 479-86, 2011 Oct. Zapata, M. E; Carrara, E; Funes, Jimena. Evaluación del grado de satisfacción y determinación del contenido de fibra de un pan elaborado en base a harina de arroz integral. Diaeta (B. Aires); 31(142): 5-19, ene.-mar. 2013. Nutrição Clínica - 16/set/2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário