domingo, 21 de outubro de 2012

Leite materno


O colostro, líquido segregado pelas glândulas mamárias logo após o parto é um composto rico em proteínas e que contém importantes fatores imunológicos a serem fornecidos ao recém-nascido.

Pesquisa recente foi desenvolvida com o objetivo de explorar as mudanças na capacidade antioxidante total e concentrações de vitaminas antioxidantes no colostro humano e leite materno. De acordo com os resultados, observou-se que o leite humano é uma fonte de vitaminas antioxidantes e suas concentrações diminuem ao longo da lactação.

Outro estudo foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a influência da suplementação com palmitato de retinol no pós-parto imediato sobre os níveis de imunoglobulina A secretora (SIgA) no colostro. De acordo com os resultados, o colostro de mulheres suplementadas com palmitato de retinol possui mais SIgA, sugerindo modulação da produção de anticorpos pela vitamina A.

Os dados dos estudos evidenciam alguns aspectos em relação ao leite humano, sendo que pode haver alterações em relação á sua composição, porém está sempre adequado ás necessidades do recém-nascido até os seis meses de idade de forma exclusiva.

Fontes:

Szlagatys-Sidorkiewicz A; Zagierski M; Jankowska A; et al. Longitudinal study of vitamins A, E and lipid oxidative damage in human milk throughout lactation. Early Hum Dev; 88(6): 421-4, 2012 Jun.
Mayara S. R. Lima; Penha P. C. Ribeiro; Jovilma M. S. Medeiros; et al. Influência da suplementação pós-parto de vitamina A sobre os níveis de imunoglobulina A no colostro humano. J. Pediatr. (Rio J.) vol.88 no.2 Porto Alegre Mar./Apr. 2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário