segunda-feira, 23 de julho de 2012

Gestação e saúde


 
Durante a gestação, deve haver cuidados especiais em relação á saúde e alimentação, para garantir o crescimento e desenvolvimento fetal e saúde da gestante.

Há grande preocupação com a saúde nessa fase, fato que pode ser observado através de estudo recente, o qual foi realizado com o objetivo de descrever a prevalência dos fatores de risco gestacionais e sua associação com desfechos materno-fetais desfavoráveis. De acordo com os resultados, o sobrepeso e a obesidade pré-gestacionais, o ganho excessivo de peso na gestação e a anemia foram fatores de risco para pré-eclâmpsia da gestante, parto cesariano e alteração de peso do recém-nascido.

Outro estudo foi desenvolvido com o objetivo verificar a concordância entre as informações prestadas por puérperas e as registradas nos cartões das gestantes sobre assistência pré-natal no Sistema Único de Saúde da Região Metropolitana da Grande Vitória, Espírito Santo, Brasil. De acordo com os resultados, puérperas tendem a superestimar a quantidade de consultas pré-natais, afirmar doenças gestacionais, como diabetes, anemia, hipertensão e infecções urinárias, relatar a execução de exames laboratoriais e clínicos.

Os dados dos estudos evidenciam a importância em realizar o atendimento pré-natal de forma adequada para as gestantes, fornecendo apoio médico e nutricional, garatindo a saúde da gestante e do bêbe.
 
Fontes:

Eliane Menezes Flores Santos; Lídia Pereira de Amorim; Olívia Lúcia Nunes Costa; et al. Perfil de risco gestacional e metabólico no serviço de pré-natal de maternidade pública do Nordeste do Brasil. Rev. Bras. Ginecol. Obstet. vol.34 no.3 Rio de Janeiro Mar. 2012.

Edson Theodoro dos Santos Neto; Maria do Carmo Leal; Adauto Emmerich Oliveira; et al. Concordância entre informações do Cartão da Gestante e da memória materna sobre assistência pré-natal. Cad. Saúde Pública vol.28 no.2 Rio de Janeiro Feb. 2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário