sábado, 28 de julho de 2012

Consumo de alimentos: cuidados e riscos à saúde

 
O consumidor está cada vez mais exigente em relação aos produtos disponíveis no mercado, uma vez que a preocupação com a saúde e a variedade de produtos alimentares vem aumentando nos últimos tempos.

Em relação á qualidade de alimentos, pesquisa recente foi desenvolvida com o objetivo de avaliar a composição de ácidos graxos de alguns alimentos industrializados disponíveis no mercado brasileiro nos quais houve redução da quantidade de ácidos graxos trans, além de verificar se estes alimentos atendem às quantidades recomendadas de consumo de gordura saturada. De acordo com os resultados, os alimentos analisados apresentaram grandes quantidades de gorduras saturadas e alguns apresentam uma razão n-3/n-6 fora do recomendado para a prevenção da aterosclerose. O consumo irrestrito desses alimentos tem forte potencial deletério para a saúde.

Outro estudo avaliou a presença de acrilamida em alimentos, sendo esta substância que pode causar riscos á saúde, devido a seu potencial carcinogênico e genotóxico. De acordo com os resultados, estimou-se que, em média, a ingestão diária de acrilamida através da dieta é de 0,14 μg/kg de peso corpóreo, sendo uma preocupação à saúde humana em relação aos efeitos carcinogênicos. Verificou-se que os alimentos que mais contribuem para a sua exposição são a batata frita, o café, a farinha de mandioca, o biscoito salgado e o pão francês.

Os dados dos estudos evidenciam riscos á saúde relacionados ao consumo de alguns tipos de alimentos analisados. As pesquisas nesta área são de extrema importância para o conhecimento dos possíveis danos que alimentos industrializados possam causar, devendo as informações serem repassadas para os consumidores de forma geral.

Fontes:

Ana Carolina Moron Gagliardi; Jorge Mancini Filho; Raul D. Santos. Perfil nutricional de alimentos com alegação de zero gordura trans. Rev. Assoc. Med. Bras. vol.55 no.1 São Paulo  2009.

Arisseto, Adriana Pavesi; Toledo, Maria Cecília de Figueiredo. Estimativa preliminar da ingestão de acrilamida no Brasil. : Rev. bras. toxicol; 21(1): 9-14, 2008.

Nenhum comentário:

Postar um comentário